Antigo prédio da FECEP será modernizado pelo MP

A preservação da memória do Edifício Carta de Curitiba, bloco VI da sede do MPPR na capital, foi o tema da visita recebida pelo procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, na sexta-feira, 18 de dezembro. Na ocasião, o presidente do Conselho Curador do Memorial do MPPR, Sérgio Renato Sinhori, o conselheiro Cid Raymundo Loyola Junior e o coordenador executivo do Memorial, Alexandre Augusto Galvão da Silva, apresentaram um requerimento com sugestões para que a futura reforma do local preserve características de sua identidade visual original.


O documento, elaborado com base em estudo que contou com a contribuição da conselheira Valéria Teixeira de Meiroz Grilo, reforça a importância de que a memória institucional e o patrimônio histórico sejam resguardados para as gerações futuras e recomenda que o projeto arquitetônico de reforma do edifício harmonize as necessidades de modernização estrutural com a preservação da estética que confere personalidade única ao imóvel.


Para o procurador-geral de Justiça, Gilberto Giacoia, “o Ministério Público do Paraná tem uma bela história, escrita por homens e mulheres de honra, muitos dos quais já se foram. É nosso dever, por intermédio do relevante trabalho realizado pelo Memorial, manter viva essa trajetória, conscientes de que sem ponto de apoio não há movimento possível, e que, na mecânica social, esse ponto de apoio é o passado.”


Para o presidente do conselho curador do Memorial do MPPR, Sérgio Renato Sinhori, "por uma dessas sincronias admiráveis do destino, após trinta e quatro anos da assinatura da Carta de Curitiba, documento inspirador do novo Ministério Público brasileiro, o edifício onde foi ela concebida e aprovada foi adquirido pela instituição. E sua destinação foi previamente estabelecida: acolher a sede do Memorial e se constituir em monumento àquele feito. Portanto, a manutenção das singulares características do prédio histórico, patrimônio da cidade e do Ministério Público nacional é uma questão de respeito ao seu legado."


Atualmente, o Edifício Carta de Curitiba abriga o Memorial e a Escola Superior do MPPR. O prédio, que antes era ocupado pela Federação dos Empregados no Comércio do Estado do Paraná (FECEP), foi adquirido pela instituição em 2019. Em 1986, foi sede do 1º Encontro Nacional de Procuradores-Gerais de Justiça e Presidentes das Associações do Ministério Público, que resultou na elaboração da Carta de Curitiba. O documento serviu de base para o delineamento do perfil do Ministério Público brasileiro na Constituição Federal de 1988.

Fonte e foto: MPPR

FECEP - Federação dos Empregados no Comércio do Estado do Paraná

Endereço: Av. Anita Garibaldi, 1933 - Ahú

Telefone: (41) 3352-2754 - Fax: (41) 3252-3121